Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Ministério do Turismo
Início do conteúdo

Dom Pedro de Alcântara

Histórico do Município


“Em 25 de dezembro de 1826, no mesmo ano em que aqui chegaram os

imigrantes, teve passagem por Torres o Imperador D. Pedro I, que veio fazer uma visita

à Província do Sul. Nessa ocasião os Alemães foram convidados pelo comandante

Paula Soares a prestar uma homenagem ao imperador. Naquela oportunidade, eles

pediram ao monarca uma gleba de terra onde seria construída a sede comunitária. O

Imperador, sensibilizado, fez uma doação de 25 hectare de terra para essa finalidade.

Posteriormente, prestaram-lhe uma homenagem, pois como 25 hectares de terra

também era chamado de uma colônia de terra, deram então o nome de Colônia Dom

Pedro de Alcântara.

Pedro e, sendo eles católicos, resolveram rebatizá-la como Colônia São Pedro de

Alcântara.

carrega o nome de Dom Pedro de Alcântara, município agrícola, produtor de cachaça

e banana (entre outros).”

Mais tarde, sabendo que o padroeiro da província do Rio Grande era São

O município emancipou-se no dia 29 de dezembro de 1995, e atualmente,

Retirado do livro: Colônia de São Pedro – Um pouco

de sua história, 2º edição/2005, de José Krás Selau,

membro da comissão de emancipação do 5º distrito de

Torres, que viria a se transformar no Município de

Dom Pedro de Alcântara.

Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Dom Pedro de Alcântara, RS
182Km de Porto Alegre