Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo

Alegrete

Vista aérea

As origens de Alegrete datam de 1626 e estão ligadas às Missões Jesuítas espanholas O padre Roque Gonzalez foi o primeiro a desbravar suas terras, entrando na região pelo rio Ibicuí com o firme propósito de aumentar as reduções no sul do país. Porém, em 1801, Borges do Canto e Santos Ped ... Leia Mais
As origens de Alegrete datam de 1626 e estão ligadas às Missões Jesuítas espanholas O padre Roque Gonzalez foi o primeiro a desbravar suas terras, entrando na região pelo rio Ibicuí com o firme propósito de aumentar as reduções no sul do país. Porém, em 1801, Borges do Canto e Santos Pedroso, ambos rio-grandenses, conquistaram o território para a Coroa Portuguesa. Alegrete, Uruguaiana, Itaqui e Quaraí pertenciam a Missão de Yapeju. Sua sede era a margem direita do Rio Uruguai. Com a conquista desta região para o domínio português, muitos militares paulistas requereram direito à terra e em 1812, foi semeada a primeira povoação, com o intuito de guardar e defender a fronteira brasileira dos constantes ataques uruguaios. Mas mesmo com coragem e lutas dos brasileiros, índios e portugueses, seguidores do general uruguaio José Artigas, invadiram e queimaram o lugarejo, conhecido como Capela Queimada. Com o crescente progresso da freguesia, através do Decreto Providencial de 25 de outubro de 1831, foi elevada a categoria de Vila, demarcando seus limites e ganhando autonomia política. Com a eclosão da Revolução Farroupilha, em 1835, Alegrete torna-se no período de 1842-1845, a terceira capital da república sul-rio-grandense, e em 1857 é elevada a cidade.
Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Alegrete, RS
497Km de Porto Alegre