Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Ministério do Turismo
Início do conteúdo

Entre-Ijuís

No período de expansão das reduções Jesuíticas, índios e padres dirigiram-se para a região em busca de local adequado para fundar novas reduções. Em 1697, fundaram São João Batista, a sexta redução, surgida do desmembramento populacional da Redução de São Miguel. Com a extinção das reduções, o local começou a ser frequentado por tropeiros e carreteiros que o batizaram de Passo do Ijuí. O local era utilizado para fazerem o meio-dia ou pernoite, antes de seguirem até Santo Ângelo, onde realizavam comércio. Quando Santo Ângelo se desmembrou de Cruz Alta em 1873, o Passo do Ijuí já começava a ter as primeiras moradas e em 1918, a construção de uma modesta ponte proporcionou às carretas, carroças, charretes, jardineiras e pedestres, passarem com mais rapidez entre um lado e outro do rio Ijuí. Foi no ano de 1923 que dois fatos agitaram o pacato Passo: a fundação do primeiro comércio, organizado por Ernesto Cardoso Aguiar e que aumentou a movimentação de pessoas no local e a revolução entre Maragatos e Chimangos. O Passo do Ijuí era estratégico e ali, aconteceu importante combate, com vitória para a as forças do governo. Em 26 de agosto de 1948, Entre-Ijuís é elevado a categoria de 8º Distrito de Santo Ângelo.

Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Entre-Ijuís, RS
435Km de Porto Alegre