Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo

Garibaldi

Pórtico

Tudo é encantamento na Capital do Espumante Brasileiro. Garibaldi pertence à 1ª

Colônia da Imigração Italiana, integrando a Região Uva e Vinho da Serra Gaúcha. É

reconhecida como a Capital Brasileira do Espumante devido ao pioneirismo e

qualid ... Leia Mais
Tudo é encantamento na Capital do Espumante Brasileiro. Garibaldi pertence à 1ª

Colônia da Imigração Italiana, integrando a Região Uva e Vinho da Serra Gaúcha. É

reconhecida como a Capital Brasileira do Espumante devido ao pioneirismo e

qualidade de seus vinhos e espumantes. A cidade, com um charme especial, guarda

as características de um ambiente tranquilo, com uma paisagem bucólica que lhe dá

um ar particularmente distinto do nosso tempo. Garibaldi também integra o Vale dos

Vinhedos, região de reconhecida importância no Brasil pela produção vitivinícola. Além

da magia que envolve o processo de elaboração do vinho, tem-se a possibilidade de

conhecer os hábitos, a religião, a gastronomia e de ver-se envolvido nas

manifestações artísticas que compõem o patrimônio cultural da região. A herança da

colonização italiana pode ser identificada na sua gente, com os gestos largos, na

espontaneidade, no riso fácil, na prática de acreditar e confiar no outro. Entre os

eventos que a cidade oferece destaca-se a Fenachamp – Festa do Espumante

Brasileiro – que celebra o produto símbolo do município, e as rotas turísticas Passadas

– A Arquitetura do Olhar, a Rota Religiosa Aeternun, a Estrada do Sabor, a Rota dos

Espumantes e a Rota de Compras. O Passeio da Barragem, a Maria Fumaça e o

Museu Municipal são outros atrativos do município. Surpreenda-se com Garibaldi.


Histórico do Município

Surge em 1870 a Colônia Conde D´Eu, em homenagem ao genro do imperador, casado com a Princesa Isabel.

Entre julho e agosto de 1870, chegaram cerca de quinze famílias prussianas que encontraram alguns portugueses e índios \\\"kaingangs\\\". Esses imigrantes recebiam do governo ajuda para construir casas e ferramentas para iniciar a lavoura. Costumavam viver da troca de tarefas diversas, além da construção de estradas, onde eram remunerados pelo governo, apesar do atraso no pagamento. No ano de 1874, houve um aumento do fluxo de imigrantes, entre eles a vinda dos italianos, provenientes em sua maioria do norte da Itália.

Para os colonizadores, o início foi muito difícil, até conseguirem construir suas casas e organizarem as culturas de trigo, milho, cevada, aveia, além da importantíssima videira. Foram agrupando-se para realizar práticas religiosas, ergueram capelas, onde se encontravam para rezar, conviver, celebrar e amenizar a saudade da pátria longínqua.

Com o progresso da colônia, o processo de emancipação começou. Em 24 de abril de 1884, a Colônia Conde D´Eu foi elevada à categoria de freguesia de São Pedro. Em 31 de outubro de 1900, a freguesia emancipou-se e recebeu o nome de Garibaldi, em homenagem ao herói farroupilha Giuseppe Garibaldi.

SITE: http://www.turismogaribaldi.com.br/

E-mail: turismo@garibaldi.rs.gov.br

Aplicativo: Garibaldi Turismo

Fan Page- Turismo Garibaldi


Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Garibaldi, RS
104Km de Porto Alegre