Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo

Sananduva


A região historicamente foi ocupada pelo elemento branco a partir dos primeiros
anos do século XIX. Naquela época tropeiros paulistas que anteriormente utilizavam
a Estrada de Viamão para conduzir os muares das Missões até a Feira de
Sorocaba, em São Paulo, descobriram um ... Leia Mais
A região historicamente foi ocupada pelo elemento branco a partir dos primeiros
anos do século XIX. Naquela época tropeiros paulistas que anteriormente utilizavam
a Estrada de Viamão para conduzir os muares das Missões até a Feira de
Sorocaba, em São Paulo, descobriram um novo caminho, a estrada do Barracão,
junto ao Rio Pelotas na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O novo trajeto, além de encurtar a longa viagem, facilitava a condução dos
animais por não possuir rios caudalosos de difícil travessia. Outro motivo da ocupação foi a disputa entre Portugal e Espanha no que diz respeito aos limites do Tratado de Tordesilhas. A existência das localidades de Mato Castelhano e Mato Português são provas concretas da influência das duas potências europeias nesta região. Para garantir a posse, o Império Português concedia grandes extensões de terras chamadas Sesmarias às pessoas dispostas a ocupar o território oferecido de forma permanente e definitiva. Uma dessas concessões, denominada Fazenda São João do Forquilha, deu origem a Colônia de Sananduva, fundada em 2 de junho de 1902.
Fiorentino Bacchi, filho de Giovanni e Páscoa Poletti, imigrante italiano nascido em
Cizzolo, Província de Mantova, foi o primeiro italiano a chegar nestas terras por
volta de 1896. Este imigrante teve um papel muito importante no povoamento da
Colônia, pois era quem promovia a venda de lotes aos moradores das antigas
colônias italianas da Serra Gaúcha. O sucesso do empreendimento foi tão notável
que em novembro de 1907, foi criado o 4° Distrito de Sananduva.
O sonho mais esperado da população sananduvense era conquistar a Emancipação
Política. Foram necessárias três tentativas. Somente em 1954 foi criado o Município
de Sananduva, formado pelos Distritos de Ibiaça e São João da Urtiga. O ato de
instalação ocorreu no dia 28 de fevereiro de 1955.
Hoje Sananduva ocupa um lugar de destaque entre os municípios da microrregião
do Nordeste do Estado. Abrange uma área de 494 km², de posição geográfica
privilegiada. Segundo os dados do IBGE, possui uma população de 15.359
19/06/2018 habitantes. A principal atividade econômica está ligada a agricultura e pecuária. O cooperativismo e a agroindústria ocupam um papel muito importante no
desenvolvimento econômico. A industrialização da madeira e a metalurgia também
se destacam na formação do Produto Interno Bruto. O comércio e a prestação de
serviços, nas mais diferentes atividades profissionais, oferecem à população local e
regional produtos de alta qualidade. O progresso alcançado é resultado do trabalho
e dedicação de todos aqueles que ao longo da história colaboraram com o
crescimento da comunidade.
Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Sananduva, RS
367Km de Porto Alegre