Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo

Capão do Cipó


No início do desbravamento do Rio Grande do Sul, vivia-se uma época de pouca ou quase nenhuma população. Extensas áreas de campos e matos na qual, as comunicações eram feitas através de mensageiros a pé, a cavalo ou de carreteiros.

Os partos eram feitos em casa com auxílio d ... Leia Mais
No início do desbravamento do Rio Grande do Sul, vivia-se uma época de pouca ou quase nenhuma população. Extensas áreas de campos e matos na qual, as comunicações eram feitas através de mensageiros a pé, a cavalo ou de carreteiros.

Os partos eram feitos em casa com auxílio de experientes parteiras ou de inexperientes maridos, e os rígidos padrões morais norteavam a vida das pessoas. Instala-se nesse contexto, em Santiago, a Comarca de Justiça e de lá era enviado um oficial de Justiça para diligências.

Conta-se que o serventuário escolheu para descanso (sesta) um local onde havia árvores, das quais desprendiam grandes quantidades de cipó. Cipó este que as crianças até hoje gostam de brincar. Ao fazer seu relatório de viagem, sendo a primeira visita na região, denominou, em suas anotações de \\\"Capão do Cipó\\\". A correspondência, chegando ao destino, deu origem ao nome desse município.

O local citado por esse viajante é o mesmo onde durante várias décadas cavaleiros e carreteiros usavam-no para fazerem suas paradas. Devido a essa terra fértil e a um povo trabalhador, lutou-se para realizar o sonho de criação do município. Por isso, \\\"homens que um dia lutaram pela emancipação de um povo, hoje comemoram a vitória de uma comunidade\\\".
Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Capão do Cipó, RS
470Km de Porto Alegre