Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Ministério do Turismo
Início do conteúdo

Gramado Xavier

O contingente populacional que migrou ao povoado que veio a dar origem ao Município de Gramado Xavier era constituído, basicamente, de elementos de ascendência italiana. Eles vieram para essa região dentro do contexto das migrações internas ocorridas no início deste século, embora na região já vivesse uma pequena população de lusos, denominados pelos italianos de acionais.

No Rio Grande do Sul a imigração italiana, iniciada em 1875, se deu na Encosta Superior Nordeste, onde, de acordo com a legislação vigente à época, foram organizados núcleos coloniais nas terras devolutas do Império. A imigração alemã, ocorrida anteriormente, havia se expandido pelos vales da Depressão Central, deixando a encosta superior desabitada. Ao imigrante italiano restou ocupar a parte alta, já no início do Planalto Médio, o que não significa necessariamente uma preferência atávica, mas uma mera contingência. A região italiana logo deu sinais de esgotamento (súper povoação e insuficiência de terras), forçando a saída dos filhos dos imigrantes para novas áreas. Foi nesse processo que vieram colonizadores italianos para a região que hoje constitui Gramado Xavier.

Antes da chegada desse contingente, as terras pertenciam a família Schmidt, entre outras, e eram ocupadas por posseiros, como Custódio Xavier e a família Brito, que se dedicavam a extração de erva-mate, conforme relata o historiador Pe. Arthur Rabuske. Restaram dificuldades: falta de infra-estrutura, acessos rodoviários e fatores outros que pudessem dinamizar a economia. Essa etapa Gramado Xavier pretende superar através da autonomia político-administrativa alcançada pela emancipação de Santa Cruz do Sul.

Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Gramado Xavier, RS
204Km de Porto Alegre