Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Ministério do Turismo
Início do conteúdo

Mato Leitão

Mato Leitão foi colonizada a partir de 1906, quando se instalaram os primeiros imigrantes alemães.

A Fazenda Boa Vista, como antes era chamada, pertencia ao coronel João de Freitas Leitão, de Rio
Pardo. Por isso, os moradores de regiões próximas chamaram estão região de LEITÃOS WALD (Mato do Leitão), dando origem ao nome do município.

É um município com potencial agrícola, que se destaca pela diversificação da produção. Destacam-se a produção de suínos, leite, ovos, alevinos, milho, aipim, erva-mate, fumo, soja, hortifrutigranjeiros. A bacia leiteira cresce com a melhoria da qualidade genética do rebanho, com impulso também na produção de suínos, aves e alevinos. Com a vocação agrícola, crescem as agroindústrias.

O comércio é bem organizado e diversificado. Na indústria, destacam-se a produção de calçados, abate e beneficiamento de carne, produção de biscoitos, erva-mate, metalurgia panificação, produção de farelo, indústria de conservas, entre outros.

A religiosidade do povo, o amor ao esporte, à arte, à educação, à cultura e à organização são marcas trazidas pelos colonizadores que se instalaram no município. A preservação de sua herança histórico-cultural evidencia-se no cultivo das flores, especialmente orquídeas, no canto coral, nas danças, música e artesanato.

O município é dotado de lindas paisagens, que favorecem a exploração turística. Mato Leitão tem um grande potencial Turístico de Eventos e é conhecido na região pelo espírito empreendedor e de organização de seu povo, pela excelente gastronomia, hospitalidade, manifestações artísticas /culturais e esportivas.

Histórico do Município

No século passado, a área do Município de Mato Leitão, situada entre os vales do Rio Taquari e do Rio Pardo, na Encosta Inferior Nordeste, e que até sua emancipação correspondia ao 4º Distrito de Venâncio Aires, era uma gleba de mata virgem, pertencente à um Fagundes, morador de Rio Pardo. Mais tarde, o Coronel João de Freitas, adquiriu as terras desse morador.

Seu herdeiro, o Dr. João Carlos de Freitas Leitão, também residente em Rio Pardo,resolveu colonizá-las. A colonização foi iniciada em 1906, com a venda de lotes Em 10 de abril de 1957 a antiga Boa Vista passou a denominar-se Mato Leitão, com a criação do Distrito,através da Lei Municipal n. 311.

Ao tempo em que a área era ocupada por ma- tas nativas, pertencente ao Dr. João Carlos de Freitas Leitão, a população das cercanias se referia à ela pelo termo Leitãoswald uma curiosa expressão luso-germânica que significa o mato do leitão. Daí o nome atual. Dotada de boa infra-estrutura, uma economia sólida, um comércio pujante e uma indústria crescente,Mato Leitão sentiu-se na necessidade de assumir a gerência de sua administração pública, buscando a emancipação política, alcançada em 1992.

Mapa do Rio Grande do Sul - Região de Três Coroas
Mato Leitão, RS
137Km de Porto Alegre