A cidade

Terra de Érico Veríssimo Cruz Alta foi cenário para importantes acontecimentos políticos, militares, econômicos e religiosos que o Estado vivenciou. Toda essa história é contada através de seus principais pontos turísticos, como a Cruz, marco inicial da cidade, o Museu Histórico Municipal e a Estação Férrea, o Museu Erico Verissimo, casa onde nasceu o ilustre escritor, bem como o Monumento Lenda da Panelinha, o Palácio da Intendência e a Arquitetura Urbana. Outro importante potencial turístico são os eventos culturais, como o Carnaval Intermunicipal, a Coxilha Nativista, a Feira Nacional do Trigo ? FENATRIGO - e a Romaria. Cruz Alta tem 63.615 habitantes e fica distante 336 km da capital Porto Alegre. Conhecido como Município do Guarani, dos Tropeiros e de Érico Veríssimo. A História de Cruz Alta remonta ao final do século XVII, quando uma grande cruz de madeira foi erigida a mando do padre jesuíta Anton Sepp Von Rechegg em 1698. Mais tarde, com a demarcação do Tratado de Santo Ildefonso em 1777, a linha divisória (Campos Neutrais) que separava as terras de Espanha das de Portugal, cortava o território rio-grandense pelos divisores de água exatamente por esse local onde existia a grande cruz e uma pequena Capela do Menino Jesus. A partir de então, este imenso \"corredor\" recebeu um grande fluxo de pessoas das mais variadas atividades, como comerciantes, desertores do exército, contrabandistas, imigrantes, etc... A cruz alta tornou-se ponto de invernada e um grande pouso para milhares de tropeiros oriundos das fronteiras com a Argentina e Uruguai, que se dirigiam até a Feira de Sorocaba para comercialização dos animais. O local consolidou-se ainda no final do século XVIII como Pouso dos Tropeiros e muitos passaram a residir nas proximidades, até que, no início do século XIX depois de uma tentativa sem sucesso, mudaram-se então mais para o norte estabelecendo-se onde hoje está o município de Cruz Alta, cuja fundação deu-se no dia 18 de agosto de 1821 em resposta a uma petição feita pelos moradores. A boa água das vertentes do Arroio Panelinha que abasteciam os viajantes pelas mãos das nativas do lugar, deu origem à Lenda da Panelinha, que prega o retorno à Cruz Alta daqueles que em suas águas saciarem a sede. Esse grande território serviu de berço para importantes personalidades gaúchas, como o escritor Erico Veríssimo, o político Júlio de Castilhos, o senador José Gomes Pinheiro Machado, os generais Salvador Pinheiro Machado e Firmino de Paula, o médico Heitor Anes Dias, o poeta Heitor Saldanha, o jornalista Justino Martins, o artista plástico Saint Clair Cemin, dentre tantos outros.

Roteiros

Como chegar

Cruz Alta está localizada a 347 Km da capital Porto Alegre.

Contatos

DDD: 55

DDI: 55

http://www.cruzalta.rs.gov.br


UM ESTADO QUE TEM TUDO PARA VOCÊ APROVEITAR O TEMPO TODO!